As voltas que a vida dá

De uma hora para outra sua vida muda. Para melhor. Para pior. Para melhor de novo. Uma verdadeira roda gigante que nos rodopia a mente e nos tira o chão.

E nesse vai e vem, vamos nos moldando.

Estruturas são quebradas, reestruturadas, construídas.

Vamos nos transformando, pouco a pouco, naquilo que nos traduz hoje, mas que não nos define, pois a vida é uma eterna descoberta de nós mesmos. Uma constante busca por respostas que nos revelem nossa essência.

Algumas vezes (não poucas), somos forçados a enxergar aquilo que nem sempre gostaríamos de ver. Aquilo que nos faz virar do avesso. Que nos obriga a ficar cara a cara com a realidade. A vida vai dando um jeito de te mostrar o que é de verdade. De despertar o melhor e o pior que há dentro de você, para que entenda que a vida é feita também de imperfeições.

Ela te prova que nem todo mundo é amigo e que família não tem nada a ver com laço de sangue. Algumas relações sufocam, nos roubam de nós mesmos. Outras, nos fazem encontrar em nós o nosso lado mais bonito. E você vai aprendendo a definir suas prioridades.

Aprende quem tem coragem para assumir que, talvez, o seu lado avesso seja o seu lado certo. Mais real. Mais humano. Mais seu e de mais ninguém. Aprende quem tem coragem de se despir das falsas promessas que lhe são feitas o tempo todo e a selecionar quem e o que deve roubar o seu sono, sua paz, seu tempo e o seu coração.

Você começa a entender que não importa o quanto se esforce, algumas pessoas jamais serão capaz de reconhecer. Mas isso não é um problema seu. Não crie expectativas quanto a isso (você se decepcionará bem menos).

Você aprende que amar o próximo vai muito além da mesa de bar.

Que se deve amar o outro também na hora que ele não pode te oferecer nada em troca. Na hora que você tem que assumir as rédeas. Na hora que você precisa engolir o choro e ser forte por você e pelo outro.

Simplesmente amar.

Porque essa é a nossa única salvação nesse mundo cheio de incertezas e violências desmedidas.

Você passa a desejar viver plenamente a sua vida, porque ela passa depressa demais para esperar o dia de amanhã.

 

Texto desenvolvido para o blog O segredo (https://osegredo.com.br)

Deixe uma resposta