Gratidão

O que temos para hoje, e para todos os outros dias também, é um reconfortante sentimento de gratidão.

Confesso, teria motivos para me entristecer, para reclamar das faltas que tento preencher em minha vida, dos tropeços que me empurraram logo ladeira abaixo, das rasteiras, que muitas vezes me derrubaram. E quem não tem?

Mas, resolvi que esses percalços não me definirão e não tomarão conta do meu dia. Não mais.

Aprendo que, apesar de qualquer contratempo, é preciso saber levantar a cabeça e dar conta da própria vida.

Decidi parar de ser ingrata e agradecer, sempre.

Por que, afinal, eu tenho realmente muito mais a agradecer do que reclamar.

Vejo isso ainda mais claro sob meus olhos hoje.

Depois de tudo o que já passei nessa vida, depois de ter enfrentado uma das piores dores da minha vida e de ter presenciado pessoas que eu amo sofrendo a pior perda da vida delas (o que é sempre muito mais doloroso), e ter, literalmente, sobrevivido a tudo isso, meu Deus, muito obrigada por ser tão bom comigo.

É só isso que repito diariamente.

Por que, minha amiga, quando você passa por algo muito ruim, você descobre o quanto a sua vida sempre foi abençoada e ainda continua sendo, apesar de.

Deixe uma resposta