Outono – A estação do recomeço

O outono começa, e com ele nossas esperanças se renovam.

É tempo de deixar cair por terra os sentimentos que não servem mais, as mágoas que pesam em nossos corações e os pensamentos que já não tem a mesma importância.

Gosto de pensar que somos como plantas, que precisam deixar ir embora as folhas e flores que já estão murchas, sem vida, sem aquele brilho de antes.

Ao mudar uma estação de nossas vidas, precisamos desapegar de tudo aquilo que um dia já foi bonito, ou feio, e nos preparar para uma nova etapa, um novo ciclo. Afinal, a primavera sempre há de chegar outra vez, ainda mais bela.

É tempo de reflexão. Quais cores e flores você quer deixar florir esse ano?

A cada estação, deveríamos aprender alguma lição.

A natureza é bela não apenas por seus tons, que mais parecem desenhos saídos de uma obra de arte, mas também por nos ensinar comportamentos e atitudes que deveríamos adotar perante a vida.

Ela nos mostra que para todas as coisas deste mundo há um tempo. E também é assim conosco. Nenhuma mudança ocorre da noite para o dia, é preciso deixar que venham as águas de março, que lentamente transformam a temperatura do nosso ambiente, e assim ocorre com nosso processo de amadurecimento. Por isso, não se cobre tanto, apenas se deixe levar e assuma uma postura um pouco mais aberta para que o novo possa fazer morada em sua vida de hoje em diante.

É fundamental saber a hora de se entregar, de deixar ir o que tiver de ir para preservar aquilo que é fundamental. Sua vida. O que pode parecer uma perda, é um belo e inesquecível ganho. Nesta época, questione seus medos. Até que ponto eles estão te impedindo de seguir em frente? O que não lhe serve mais?

Deixe ir.

Novas flores virão.

Deixe uma resposta