Autoconhecimento– Um mundo de oportunidades

Aquilo que você nega em si mesmo te limita. Te faz fechar os olhos para um mundo de oportunidades a sua volta. Não há esperança de um novo caminho, uma forma diferente de se fazer as mesmas coisas.

Você nasce, cresce e morre sendo simplesmente o mínimo.

E, convenhamos, a nossa vida vale muito para não buscarmos pelo máximo.

Não importa sua religião. Você pode acreditar ou não em Deus. Mas uma coisa é certa.

Você só encontrará a tão esperada felicidade se, antes de qualquer outra coisa, se desvendar. Tirar definitivamente suas máscaras e suas algemas.

O que, afinal, lhe impede de ir adiante? Porque tanto medo do inesperado?
Porque?

Acostume-se a usar este questionamento em benefício próprio.

Já parou para pensar no que te move? O que o faz ser quem é hoje? Onde estão as raízes dos seus comportamentos?

Meio louco pensar nisso, não é mesmo? Mas, acredite, é enriquecedor.

Ao fazer as perguntas certas e do jeito certo, você irá descobrir que há um Ser Humano por trás de todo esse corpo. Alguém que não está nessa vida por acaso e deve agir como tal.

Qual o seu sonho? Seus medos? Seus desejos mais secretos? O que o faz realmente feliz?

Será que você tem levado uma vida que favoreça seus pontos mais fortes? Ou deixa que o lado mais fraco da sua personalidade tome conta de toda a sua vida?

Eu confesso, já deixei que essa parte de mim tomasse conta dos meus dias por um tempo.

Mas luto com todas as minhas forças, quantas vezes for necessário, para dizer a mim mesma que essa não sou eu. Aquilo que me limita, definitivamente, não me define.

E não deve definir você também.

Aceite-se. Essa é a grande chave de tudo.

Se olhe no espelho, e descubra tudo aquilo que esses olhos escondem.

Os olhos são, na verdade, a janela da sua alma. Preste atenção neles. Muitas vezes eles dizem aquilo que nossa boca teima em não pronunciar.

Descubra seus defeitos, seus pontos mais fracos. E simplesmente aceite-os.

Somente assim você conseguirá criar defesas que irão te fazer aproveitar aquilo que há de melhor em você.

Saiba como desenvolver o seu lado mais bonito, respeitando a sua parte mais obscura. Pois ela existe, e está aí.

Mas lembre-se, quem a alimenta é você.

Qual imagem de si mesmo você quer refletir para o mundo? Para seus filhos?

Alimente aquilo que há de melhor.

Deixe que os pensamentos fluam em sua cabeça, mas não permita que eles tomem conta de você.

Há um mundo de oportunidades a sua volta. Permita-se desvendá-lo.

Deixe uma resposta