Um ser feliz não é capaz de ferir o outro.

Portanto, ao invés de se culpar, se diminuir ou se magoar, entenda que se alguém foi capaz de te tratar de qualquer jeito, ele ou ela com certeza não está bem, e talvez precise de ajuda

Pensar dessa maneira faz com que não sejamos verdadeiros reforços do mal em nossas vidas.

Muitos são os que se julgam no direito de magoar porque, um dia, também foram magoados

O medo da perda, por exemplo, faz com que muitos optem por não mais se relacionar. Afinal, já estiveram na sarjeta por se permitirem amar.

Mas eles se esquecem de que somos seres diferentes e, com isso, deixam passar oportunidades de serem realmente felizes ao lado de alguém.

Não seria lindo poder mostrar a eles um novo mundo?

Muitas pessoas são agressivas, egoístas e descompromissadas com a vida por falta do estímulo certo. Reagem sem pensar. Falam sem se preocupar com as consequências. Se acham no direito de julgar e ser indelicado.

A verdade é que cada um oferece aquilo que tem dentro de si.

E eu te proponho ser o elo de transformação na vida dessas pessoas

Te digo que não será fácil. Mas se fôssemos capazes de perpetuar o amor ao invés da discórdia, teríamos um mundo mais humano e com muito menos ódio

Ao invés de também gritar, opte por mudar o tom. Talvez ele ou ela só estejam esperando que alguém os ajude a colorir o seu mundo

Retire-os dos tons de cinza. Mostre a beleza das cores.

Muitos acreditam que ao elevarem o tom de voz se farão ouvidos e mudarão comportamentos.

É preciso sim incomodar. Tirar o outro da zona de conforto. Fazê-lo andar com as próprias pernas. Ajudá-lo a crescer, amadurecer e ser sua melhor versão.

Mas como você fará isso?

O como é a grande chave de tudo.

Falar com respeito mesmo na hora de fazer a regra ser cumprida é o grande segredo.

Você não precisa elevar o tom de voz se seus argumentos forem convincentes e ditos da maneira correta, no tom que transforma e não no tom que nos afasta uns dos outros.

2 comentários em “Um ser feliz não é capaz de ferir o outro.

  1. Verdade! Não precisamos elevar a voz para sermos ouvidos e, muito menos ”descarregar” nossas frustrações em outras pessoas só com a intenção de ferir . Ser feliz ,é ser manso e suave. Amei o texto!

Deixe uma resposta