Você tem medo de envelhecer?

Escutando uma palestra do Mário Sérgio Cortella, um filósofo que acompanho há alguns anos, me deparei com a seguinte questão:

É possível ficar velho sem, de fato, envelhecer?

Eu te respondo que sim, é perfeitamente possível porque, na verdade, uma coisa não precisa estar diretamente ligada a outra.

Uma não deve ser uma consequência da outra, mas sim uma escolha que fazemos para nossa própria vida.

Envelhecer é deixar que a sua mente enferruje e aceitar que isso faz parte do ciclo.

Ficar velho é acumular uma quantidade significativa de anos regados por um milhão de histórias para contar aos netos.

É ter muito mais experiência para enxergar a vida com sabedoria de quem sabe que não se deve fazer drama por pouco.

Quem permite que a sua mente envelheça deixa de questionar o mundo e de descobrir novos horizontes.

Não se interessa por aprender novos hobbies porque acredita que já passou da idade. Enxerga o fim onde ele ainda não existe.

Quem se permite envelhecer morre antes da hora. E eu não estou falando sobre a morte do corpo.

Afinal, é possível morrer, mesmo que ainda esteja vivo. E esse é um dos piores tipos de morte que já ouvi falar.

É fundamental saber deixar-se transbordar. Permitir-se ir além dos limites que você acredita que sua idade impõe.

Água parada apodrece, fenece na solidão, se perde de sua real essência.

Acumulamos tantos medos durante a nossa trajetória quando, na verdade, o único medo que deveríamos realmente sentir é de, de repente, perceber que nossa alma envelheceu.

Tantos são os jovens envelhecidos pela sua forma de encarar o mundo, por sua falta de determinação em ir em busca de novos sonhos, por sua falta de coragem para dizer sim para a vida.

Tantos são os idosos que vivem em plena juventude. Caminham ao ar livre, fazem novos amigos, procuram ocupar a mente com ideias e assuntos que os engrandecem, e tem ainda tantos sonhos a serem realizados.

O que desejo a você?

Que você se mantenha jovem o suficiente para acreditar que amanhã será um novo dia, uma nova oportunidade de fazer tudo diferente e buscar o sucesso que é viver em plenitude.

Deixe uma resposta